Por todas as crianças que diáriamente sofrem atentados contra a sua natureza fisica, psicologica e emocional...Estrelas Cadentes são estas crianças...

.posts recentes

. Faça pausa na musica para...

. Somos a especie mais amea...

. O Mundo dá Voltas...

. Afeganistão

. Arrepiante

. Crianças

. Adopções

. Escravatura na China

. Video de 1992...o que mud...

. Doação de orgãos

. Vegan 13 motivos para...

. Receita ecológica de sabã...

. Mutilação Genital Femenin...

. Decisões..

. FELIZ NATAL

. A vida é sempre uma prend...

. Contrastes

. Programa Nacional de Vaci...

. Fome

. Aborto..

.arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Maio 2008

. Junho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.Calendário


.ATENTA...

logo da campanha Por Darfur

.e-mail

Fale Comigo
Locations of visitors to this page

.Musica para relaxar


Music

Domingo, 12 de Março de 2006

In/certezas

                 

Tantas certezas que se transformaram em incertezas e receio que as incertezas se tornem certezas. Gostava que tudo pudesse estar ao alcance da minha possibilidade de mudar tudo, gostava de ser mais capacitada para transformar as situações que se vão chegando a mim, gostava de ter a capacidade de fazer felizes as pessoas de quem mais gosto, pelos menos essas, gostava que as incertezas não se tornassem certezas!

Em numerologia entrei este ano no meu ano UM e sei e sinto que sim, que este ano é um ano de mudança, sinto que vai ser um ano feliz, apesar deste sentimento que carrego comigo, que nem sei descrever.

Parece que eu prejudico as pessoas, não sei como, mas existem sempre mal entendidos que faz parecer que eu faço ou digo de propósito certas coisas, e fica tudo muito pesado para mim, porque eu não quero que isso aconteça, mas a minha  forma de estar e de ser é diferente e isso choca muitas vezes com as pessoas. O que para mim não tem importância, para os outros é o mais importante! Eu não sei como nem porquê, mas quando algo acontece de menos bom eu, saio de mim e vejo tudo de fora, e muitas vezes vejo que não é assim tão importante esse menos bom momento, vejo alguém</a> chateado com outra coisa qualquer que está  revelar-se em mim, alguém</a> com problemas e que está a revelar-se assim, enfim, muitas vezes percebo que no fundo estou  só a receber algo que não tem a ver directamente comigo, e isso faz com que o momento não seja mau, mas apenas um menos bom. Quantas vezes eu aborrecida com qualquer coisa descarrego o mau humor no meu filho, porque fico sem paciência, ou sem vontade para brincar de gatas com ele no chão com leões e dinossauros?!

Sei que a possibilidade de mudar tudo está comigo e em cada um de nós, mas não sei onde está ou/nem como usar e/ou tenho medo de usar essa capacidade para  mudar tudo, afinal se decidir sorrir em vez de virar a cara ou dizer um sim em vez de não, é suficiente para mudar tanto, ás vezes muda mesmo tudo, uma palavra...uma atitude...um gesto! faz toda a diferença

Este ano inicio um novo ciclo, e o que quer que semeie será o que irei colher mais á</a> frente na minha vida, mas ainda não sei o que fiz eu ou quem fui eu no passado para ter que passar por estas provações, parece que tudo o que planeio se desfaz mesmo á</a> minha frente e fico no ponto zero de novo, pode não dar para acreditar mas é verdade: tudo o que eu disse afincadamente que não aceitaria, me calhou na rifa, tudo o que não aceitava aprendi a aceitar, tudo segue no sentido em que terei de passar pelo que disse não querer para mim, é mesmo arrepiante! porque chego a ter medo de dizer "isso é que eu não fazia" ou " eu não era capaz de viver assim" etc. cai-me tudo em cima. Mas não tudo negativo, tenho aprendido muito, tem sido uma aula prática de humildade, e aprendi a aceitar os outros muito melhor, parece que compreendo cada pessoa, parece que sei o que cada um sente, e isso tem-me tornado muito mais humana, penso eu.

Já é tarde, tenho de dormir, o meu  filhote hoje está a dormir em casa do pai, espero que todos estejam felizes com a presença uns dos outros, sinto-os como minha família também, parece que ao divorciar-me em vez de perder ganhei, é estranho, mas é o que sinto, gosto deles todos e desejo que sejam imensamente felizes para sempre. Boa noite filhinho, nunca vais ler isto, mas podes sentir o que eu te estou a enviar agora porque é AMOR, amo-te sol da minha vida.

 

   

gosto de ouvir: no lies just love....James Blunt

publicado por Sancha às 00:42

link do post | comentar | favorito
|